DIA 16 - 10 de outubro de 2013

Dia 16 de 40

Estiveram  26  pessoas a rezar nos vários turnos.
 
Hoje tivemos novamente, por duas horas, a presença de  jovens do grupo de jovens marianos vicentinos do sobreiro.
 
Também estiveram a rezar durante 2 horas quinze  alunos do 10, 11º e 12º anos do colégio Planalto de Lisboa.
 
Há 2 casais de jovens sem abrigo, a quem as voluntárias das Mãos Erguidas dão muitas vezes de comer, e ajudam com roupa e conselho, que sempre que vão ficam lá a rezar o terço que entretanto aprenderam lá a rezar, e rezam pelas grávidas.
 
Uma rapariga disse-nos que ia abortar simplesmente porque tinha 17 anos e não tinha idade para ser mãe, que a sua mãe (avó do bebé), de 38 anos não quer de forma alguma que ela aborte, mas que ela é que vai decidir.
 
Dissemos-lhe que pedisse para ver o bebé na ecografia mas ela não o quis ver nem ouvir o coração. Está de 9 semanas.
 
A mãe dela é católica, é contra o aborto e disse estar a sofrer muito com esta situação.
 
Depois entraram as duas na casa das Mãos Erguidas e ao ver a escultura (quase tamanho natural) de Jesus na cruz com Nossa Senhora, a grávida de 17 anos desatou a chorar imediatamente. No entanto depois continuou a dizer que tinha um futuro académico promissor e que um bebé ia atrapalhar tudo.
 
Tem o aborto marcado para a semana.
 
Plataforma 40diaspelavida

DIA 15 - 9 de outubro de 2013

Dia 15 de 40

Estiveram 21 pessoas a rezar nos vários turnos.
 
Gente jovem, gente menos jovem, executivos que prescindiram da hora de almoço para ir rezar uma hora para lá.
 
Não tem ficado nenhum turno sem ninguém,mesmo quando não há inscrições as pessoas vão aparecendo. 
 
Hoje apareceu um casal já de alguma idade (sobretudo o marido) com uma filha adolescente. Quando os abordámos já a filha tinha descido para abortar (a sala de abortos é no piso de baixo). Foram receptivos e estavam tristes embora não tenham querido ir buscar a filha para que não abortasse.
 
Agradeceram os conselhos e folheto que lhes demos para o Trauma pós aborto, da filha e deles próprios.
 
Falámos com outro casal, já depois da mulher ter abortado. Eram dos Açores e o Estado pagou-lhes a viagem de ida e volta aos dois bem como estadia de duas noites não sei se num hotel ou pensão. Via-se que eram muito pouco instruídos, e parecia nem terem a mínima noção do que tinham feito...
 
Muitas abortaram, outras ficaram de pensar...
 
Um casal, os dois muito bonitos e com um ar muito são, abraçaram-se a chorar, pensámos que tinham já abortado mas afinal tinham acabado de decidir que iam ficar com o bebé.
 
Ela tinha tido sido aconselhada pela médica a não engravidar durante uns anos por um problema na última cesariana, mas o coração dizia-lhes que não deviam abortar, e quando viram o folheto dum feto abortado decidiram-se a levar a gravidez avante. foram-se embora felizes embora com preocupação pelo estado de saúde da mulher.
 
Prometemos-lhes orações para que tudo corra bem.
 
Junto mais um testemunho de mais 2 horas de oração que os Jovens vicentinos marianos do sobreiro fizeram (com fotos e tudo) 
 
Até amanhã
Plataforma 40 dias pela Vida

DIA 14 - 8 de outubro de 2013

Dia 14 de 40.

Estiveram 24 pessoas a rezar nos diversos turnos.
 
Hoje na casa das Mãos Erguidas apareceu a mãe de dois  gémeos lindos de morrer de 5 meses, o Bruno e a Bruna, salvos na porta da Clínica dos Arcos.Veio mostrar os bebés e levar algumas roupas para os bebés.
 
Mas nem tudo são notícias bonitas...
 
Hoje foi o dia dos "abortos por crise económica" e dos "bebés por encomenda"
 
Primeiro apareceu uma rapariga com a sua mãe( avó do bebé in útero), que nos disse ter uma filha de 4 anos e já não poder sustentar um outro filho por estar desempregada.
 
Disse que tínhamos toda a razão no que dizíamos mas que ela não podia mesmo agora, quer ter mais filhos mas para o ano, não este ano...
 
Depois foi um casal, pais de uns gémeos ainda pequenos, disseram que queriam ter cinco filhos mas que neste momento não "dava jeito" ter este bebé, que talvez para o ano tivessem outro...
 
A seguir foi um casal de namorados, duns 20 e poucos anos, que disseram , sobretudo o rapaz ter muita pena de ir abortar, mas que agora não dava mesmo pois não tinham condições económicas, os empregos eram precários, que talvez daqui a uns meses tentassem nova gravidez mas que este tinham mesmo de o abortar...
 
Outro casal, com um filho de 10 anos disseram estar a passar por graves dificuldades económicas e que não podiam ter mesmo este bebé, pois os dois estavam sem emprego.
 
Todos eles ( e muitos mais, pois cada dia são abordadas dezenas de pessoas) ainda não abortaram mas têm o aborto marcado para esta semana.
 
As voluntárias dos 40 dias foram ainda insultadas por uma funcionária da clínica e pela mãe duma rapariga que ia abortar, que disse descontrolada  que elas deviam pagar subsídios a todas as mães que eram convencidas a não abortar, e que deviam ser proibidas de andarem a fazer lavagens ao cérebro das grávidas-:)   Ossos do ofício
 
Amanhã 4ª feira é um dia forte de abortos. Podem ajudar por favor?
Até amanhã

DIA 12 - 7 de outubro de 2013

Dia 13 de 40 

Hoje estiveram 19 pessoas a rezar nos vários turnos. (nota-se a ausência da equipa das Mãos erguidas que estão em peregrinação a Fátima...)
 
Durante 2 horas tivemos a presença de 4 seminaristas a rezar.
 
Foram abordadas várias pessoas, com umas correu bem, com outras nem tanto.
 
Um casal que já tinha um filho de 4 anos, e estavam com graves dificuldades económicas foi abordado por uma pessoa das Mãos Erguidas, que lhes mostrou aquele boneco que corresponde ao tamanho de um bebé de 10 semanas. A rapariga grávida ao ver o boneco, perguntou se o bebé que ela esperava era assim.
 
Disseram-lhe que era exactamente assim, até porque ela já tinha o aborto marcado para quinta feira porque já estava a chegar às 10 semanas. Então a rapariga pondo as mãos no coração exclamou" então eu não posso mesmo abortar"
 
Foi acolhida na Casa das mãos erguidas, e foram-lhe oferecidas algumas peças de enxoval, e foi-lhe marcada consulta para o nosso médico.
 
Também estamos a rezar e pedimos as vossas orações por duas raparigas chinesas, uma das quais não sabia falar nada de português e tem o aborto marcado.
 
A amiga, que sabe falar português ficou sensibilizada e disse que lhe iria traduzir os folhetos para chinês hoje à noite e que iria tentar dissuadi-la. São ambas católicas.
 
Até amanhã
Plataforma40diaspelavida

DIAS 11 e 12 - 5 e 6 de outubro de 2013

Dias 11 e 12 de 40

Ontem , dia 5 de Outubro, estiveram 25 pessoas a rezar nos vários turnos. Houve também muita gente que passou por lá antes ou depois da Caminhada Pela Vida.

Hoje, Domingo , estiveram 24 pessoas a rezar, entre eles 8 jovens do Grupo de Jovens marianos vicentinos do Sobreiro, que deixaram mais uma vez um bonito testemunho que podem ler aqui

http://gjcsraiosdeluz.blogspot.pt/2013/10/jmv-sobreiro-em-defesa-da-vida.html

Também recebemos este e-mail das irmãs carmelitas que nos deu especial alegria e partilhamos convosco:

"Neste Carmelo de Nossa Senhora Rainha do Mundo, em Faro, ora-se incessantemente pela Defesa da Vida e por quantos lutam e combatem sem medo, nesta arena do mundo contra os leões..... confiantes na Força de Deus que os vencerá e derrubará PARA SEMPRE!!!

Coragem, o Senhor está convosco, Ele é a vossa força, o Pastor que JAMAIS abandona o Seu rebanho!
Na rectaguarda, estamos nos também com Jesus, Maria e S. José
Vossas muito Irmas
Carmelitas descalças "


Até amanhã
Plataforma 40 dias pela Vida

DIA 10 - 4 de outubro de 2013

Dia 10 de 40

Os turnos de hoje foram organizados com muito empenho por duas raparigas de 15 anos. Estiveram 65 pessoas a rezar hoje!

De manhã foram duas turmas de alunas do 9º ano do colégio Mira Rio.

Além das pessoas inscritas muitas outras foram aparecendo ao longo da tarde, para rezar, 10 minutos meia hora, uma hora ou até duas. Até um casal de sem abrigo novinhos que tem aparecido lá muito, esteve a rezar um mistério do terço connosco.

Hoje foram abordadas muitas pessoas, que se abriram e contaram o que as levava à Clínica.

Uma delas foi uma rapariga com cerca de 20 anos, grávida de 9 semanas e 3 dias, com a aborto marcado para dentro de alguns dias. Ao ser abordada pela voluntária das Mãos Erguidas, disse que não tinha condições, mas que quer o namorado quer a mãe queriam que ela tivesse o bebé.

Depois de falar com a voluntária abraçou-se a ela e disse-lhe a chorar emocionada" Muito obrigada, era isso mesmo que eu precisava de ouvir. Vou ter o meu bebé". Ficou com um sorriso radiante e agradecido, e com os olhos brilhantes entrou na casa das Mãos Erguidas e saiu feliz com umas botinhas e um babygrow de recem nascido.

Outra rapariga de 17 anos saiu completamente aos tombos depois de abortar, foi amparada por um voluntário que a levou para as Mãos Erguidas, onde foi acolhida, e lhe ofereceram uma refeição. Saiu com um grande arrependimento.

Também outro casal, depois de ela abortar,muito arrependidos foram muito receptivos a conversar e prometeram que iriam procurar de imediato ajuda de um sacerdote.

Outro casal que depois de acabarem um namoro de 10 anos descobriram que ela estava grávida, ficaram sinceramente a pensar em ter o bebé. Rezemos...

Amanhã dia da Caminhada pela Vida, onde muitos nos encontraremos, nos 40 dias ir-se-á rezar também pelos frutos desta caminhada.

Até amanhã
Plataforma 40 dias pela Vida

DIA 9 - 3 de outubro de 2013

Dia 9 de 40

 
Hoje estiveram 27 pessoas a rezar nos vários turnos.
 
Nas primeiras horas da manhã as pessoas voltaram a estar invulgarmente agressivas.
Antes de entrar na "Clínica"  e ao serem abordadas por uma voluntária das Mãos Erguidas, proferiam insultos e diziam coisas como "somos de satanás" e "queremos ir para o inferno".
 
Um pouco mais tarde quando as pessoas estavam lá dentro  a rezar na casa das Mãos Erguidas entrou um casal a perguntar se era a Clínica dos Arcos (por vezes acontece, uma vez que é mesmo em frente da clínica e tem um cartaz a perguntar"estás Grávida? Precisas Ajuda?").
 
Quando outra voluntária das Mãos erguidas explicou ao casal que na clínica se matavam bebés o homem disse que nem pensar que eles iam apenas mandados pela médica do centro de saúde fazer uns exames.
 
Entraram na clínica e saíram passados uns minutos pois de facto na recepção explicaram-lhes que os exames que iam realizar eram "com vista à interrupção da gravidez". Ao sair, muito indignados vieram contar às voluntárias o que se tinha passado e disseram que iam à médica do centro de saúde pedir explicações. Temos algumas dúvidas se a mulher não saberia mesmo que ali se vai abortar,mas estamos certos que este homem não deixa que se mate o seu filho!
 
Uma rapariga saiu a chorar após ter feito um aborto e era impressionante, e ao mesmo tempo tão compreensível, ver como o namorado a tentava abraçar, e dar a mão e ela o rejeitava completamente e lavada em lágrimas lhe dizia " sai" "larga-me" "não me toques" "sai da minha vida"...
 
Uma grávida de 6 semanas, mãe de uma criança de 2 anos, e tendo feito um aborto no ano passado, depois de conversar com a pessoa das Mãos Erguidas que a abordou, percebendo o mal que esse aborto lhe tinha feito, decidiu que não quer voltar a passar pelo mesmo e que vai ter o bebé.
 
Até amanhã.

DIA 8 - 2 de outubro de 2013

Dia 8 de 40

Estiveram 28 pessoas a rezar nos diversos turnos.

Houve uma pessoa de Leiria que veio expressamente para participar nos 40 dias pela Vida. E também 2 Jovens do grupo de jovens cristãos do Sobreiro.

Hoje foi um dia duro, as pessoas estavam muito agressivas, quer as grávidas quer os seus acompanhantes e rejeitavam qualquer tipo de conversa, coisa que não é frequente suceder.

Não sabemos se alguma mãe das que hoje foram terá desistido de abortar, mas tivemos a boa noticia que a rapariga de 17 anos do dia 6, esteve com uma voluntária que foi visitá-la e disse que ia ficar com o bebé. Mas é preciso continuar a rezar.

Uma avó veio à Missão Mãos Erguidas pedir ajuda para o seu neto de 9 meses que está ligado a uma máquina porque o Estado não tem dinheiro para o tratar. Estava muito zangada dizendo que para providenciar abortos todos os dias o Estado já tem dinheiro...

Por favor todos os que puderem participar mais directamente nesta iniciativa inscrevam-se em http://www.40diaspelavida.org/ .

Obrigada
Plataforma 40diaspelavida

DIA 7 - 1 de outubro de 2013

Dia 7 de 40

Estiveram 19 pessoas a rezar nos vários turnos.

Hoje foi um dia cheio de emoções.

A T., rapariga que no sábado de manhã nos enviou um sms (v.diario de dia 4), apareceu hoje às 11h na Casa das Mãos Erguidas, depois de já termos perdido a esperança pois não respondia aos sms nem atendia telefone.

Tinha o aborto marcado para as 13h de hoje e disse que não queria abortar mas que teria de o fazer, pois já tinha uma filha de 10 meses , e estava ilegal em Portugal o que lhe estava a dificultar muito a vida, Que se conseguisse um contrato de trabalho ficava com o bebé de certeza.

O mais impressionante é que bastou enviar um sms (a muitos de vós) a dizer que tínhamos 1 hora e meia para salvar este bebé e passados 15 minutos estava o problema resolvido. Foi comovente observar a quantidade de pessoas que ligaram para oferecer ajuda ! A pobre T. ficou imensamente comovida e não parava de nos agradecer e dizer " vocês fazem mesmo tudo para salvar um bebé".

Tem consulta marcada para o nosso médico segunda de manhã.

Outra mulher apareceu, vinha abortar porque estava grávida dum homem casado. Depois de falar com as voluntárias das mãos erguidas ficou convencida a ficar com o bebé e voltar grávida para o seu país, para o pé da outra filha de 9 anos que lá tem, e deixar o homem que como ela disse, "sabe que não é seu".

Outro homem saiu da clínica , como é habitual com a malinha da companheira ao ombro (enquanto as mulheres estão a abortar os companheiros ficam cá fora com a mala), a chorar desesperado.

Quando foi abordado contou às voluntárias que não queria que a namorada fizesse o aborto que a tinha impedido de tomar os comprimidos para abortar, que lhe tinha pedido por tudo que não matasse o seu filho, que tentou impedi-la de entrar na clínica mas não conseguiu.

Disse que não a queria ver nunca mais. Foi à Clínica , entregou a mala dela, e foi-se embora a chorar a dizer que essa mulher tinha acabado para ele.

Com amizade
Plataforma 40 dias pela Vida

DIAS 5 E 6 - 29 e 30 de setembro de 2013

Dias 5 e 6.

Ontem Domingo estiveram apenas 9 pessoas a rezar mas foram cobertos todos os turnos.

Hoje estiveram 23 pessoas a rezar.

Na semana passada tivemos a honra de ter um Sacerdote a rezar connosco, e nesse momento apareceu uma grávida que veio pedir para falar com um sacerdote sem saber que providencialmente ali estava um!

Hoje, segunda feira foi dia de ecografías e de irem para casa pensar.

Um casal depois de ter sido abordado por voluntários das Mãos erguidas e dos 40 dias pela Vida, decidiu ter o seu bebé, e graças à generosidade do nosso médico passada uma hora desta decisão já estava com o médico a ver e ouvir o coração do seu bebé, a ver as suas pernas e braços (como sabem na clínica dos arcos não mostram o bebé às mães nem as deixam ouvir o coração...)

O pai do bebé é estupendo e dizia que não poderia deitar a cabeça na almofada se matasse o seu filho. No entanto está desempregado e é estucador. Se alguém souber de algo para ele avisem-nos por favor.

Também a pareceu uma rapariga de 17 anos, apavorada, porque o pai descobriu que estava grávida porque viu o teste de gravidez na sua mesa de cabeceira e obrigou-a a ir tratar do aborto. A mãe ainda não sabe de nada. Encontrou consolo e apoio nos nossos voluntários e esteve a almoçar na Casa das Mãos Erguidas e até dormitou por lá um tempinho.

Depois foi ao nosso médico e viu o seu bebé, perfeitinho, com 9 semanas, ficou encantada mas ao mesmo tempo aterrorizada, sem saber o que fazer, com muito medo do pai. Precisa de orações.

Juntem-se a nós nesta campanha.
Com amizade
Plataforma 40dias pela Vida

no mundo: eua  espanha  inglaterra 

Plataforma 40 dias pela Vida Portugal. Joomla 3 Templates